Disse Deus:"Façamos o homem à nossa imagem; confome a nossa semelhança." Gênesis cap. 1 ves. 26.

"Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus." O mesmo Espírito(Santo) testifica com o nosso espírito(humano) que somos filhos de Deus.

"Deus é Espírito, e por isso os que o adoram devem adorá-lo em espírito e em verdade"João cap. 4 vers. 24.

Se Deus é Espírito, criou os anjos com espírito, e porque a nós humanos também criados por Êle, tentam dizer que não temos espírito com a alma e o corpo? e só corpo e alma? Veja o que diz Maria mãe de Jesus aqui na terra: "A minha alma anuncia a grandeza do Senhor. O meu espírito está alegre por causa de Deus, o meu Salvador"; Lucas cap. 1 vers. 47. Veja aqui nesta passagem o próprio Deus manifestando-se em Espírito alma e corpo,  : O SENHOR Deus apareceu a Abraão no bosque sagrado de Manre. Abraão olhou para trás e viu 3 homens, de pé na sua frente. (Deus que é Espírito usou um corpo, alma e espírito humano provisório em ". Gen. cap. 18 vers. 1 e 2.

Há outra passagem bíblica em Gênesis cap. 32 versículos 24;27;28;29 que diz que Deus se tornou um homem (Espírito, alma, e corpo) temporário. Mas ele (Jacó) ficou para trás, sozinho. Aí veio um homem que lutou com ele até o amanhecer. Aí o homem perguntou: "Como você se chama? Jacó; respondeu: "Então o homem disse: O seu nome não será mais Jacó. Você lutou com Deus e com os homens e venceu, por isso o seu nome será Israel".
O que é nascido da carne(corpo) é carne(alma); mas o que nasce do Espírito(Sopro) é espírito(espiritual). João cap. 3 vers. 6

Assistam estes vídeos para entenderem melhor, Click aqui (1)
 
Click aqui (2)
                 Click aqui também (3)


Existem diversas diferenças entre a alma humana e a alma animal; as duas são físicas, mas as almas espirituais pertencem somente ao ser humano que tem o espírito que Deus colocou(assoprou junto com a alma, sobre nós). Elas são físicas, biológicas, espirituais, emocionais, racionais comportamentais e também intuitivas, porque sêres vivos, tanto o homem quanto o animal têm necessidades físicas e biológicas que fazem parte da sobrevivência; ambos desfrutam dos cinco sentidos físicos (visão, audição, olfato, tato e paladar); mas eles diferem na inteligência e nos sentimentos, pois o homem é (racional), e o animal (irracional)

Por ser irracional, os animais foram criados com peles, providas ou não de pelos, penas, couro ou escamas, para sua proteção onde vivem. O ser humano tem apenas pele, e portanto necessita usar roupas para se proteger das mudanças de tempo, das estações e das diferentes circunstâncias em que vivem.
O homem tem capacidade para decidir a respeito de suas atitudes e o animal não; os sentimentos do homem são conscientes e os “pseudos sentimentos” expressados pelos animais são inconscientes e instintivos. O homem tem a capacidade de agir por intuição, porque é racional, e acumula experiências que o ajudam a tomar decisões mais rápidas quando vivenciam
experiências semelhantes; já o animal não tem raciocínio para isso.
O comportamento dos animais não é fruto de aprendizado consciente e racional, mas sim de reflexos condicionados que o homem exerce sobre eles, ensinando-os conforme a necessidade e interesses humanos (Gn 1:26 e 28). Os animais não pensam, agem apenas por instinto.

A “inteligência” que os animais têm, na verdade são seus instintos mostrados pelo aprendizado ensinados pelo homem. Exemplo: (Adão chamando cada um deles pelo nome que ele colocou). Não vemos nos animais um melhoramento nas suas “atitudes inteligentes”, pois se um animal adestrado voltar a conviver com outros que não é, ele regride e volta a se comportar conforme seus instintos naturais.

Quanto à comunicação, os animais se comunicam entre si, também por instintos de sobrevivência, apenas para suprir suas necessidades e conservação de suas  diferentes espécies. Já o homem se comunica com linguagem criativa para desenvolver o aprendizado e criar ambientes que facilitem cada vez mais sua vida e seu lugar de viver.

O homem tem sentimentos e comportamentos bastante variados que podem ser resumidos pelos frutos do Espírito Santo (no nosso espírito) ou pelas obras da carne (na nossa alma) (Gl. 5:19-24). afinal é pelo nosso espírito que temos ligação com Deus. Os animais expressam sentimentos agressivos para defenderem a sí ou a seus donos. E quando não se sentem ameaçados, expressam sentimentos de felicidade e bem-estar.

No ser humano a alma é provida de razão, o que nos dá a capacidade de pensarmos e analisarmos criteriosamente antes de tomarmos qualquer atitude; já a alma dos animais é provida apenas do instinto, pois (eles não raciocinam para viver, mas vivem sem raciocinar) e agem conforme o comportamento e o instinto que Deus determinou para suas espécies.
 

Outra diferença que existe está na criação da alma do homem e da alma do animal. Em Gn. 1:20-21 e 24, diz que Deus determinou com a sua palavra,  que as águas do mar produzissem alma vivente de todas as espécies: baleias, repteis e aves. Depois também ordenou que a terra produzisse alma vivente de toda espécie: gado, répteis e bestas-feras, todos conforme a sua espécie; mas quanto ao homem, em Gn. 2:7 está escrito que o Senhor Deus formou o homem do pó da terra e soprou em suas  narinas o fôlego de vida e a partir de então ele foi feito alma vivente, (espirito alma, e corpo , passando a ter um corpo espiritual.
Essa é portanto, uma diferença significativa, pois os animais foram produzidos pelas águas e pela terra e não tem corpo espiritual. (Exemplo: animais; alma e corpo igual ao corpo material.) O homem: Espírito, alma e corpo igual ao ao corpo espiritual e material). No início do mundo, o Espírito Santo (movia-se) sobre as águas e sobre a terra: (É provável que Deus assoprasse sobre elas) e então passaram a ter vida porque vida gera vida; mas o homem foi formado pelas mãos do próprio Deus, à Sua imagem e conforme a   Sua semelhança e foi feito espírito (porque Deus é), alma vivente (porque Deus assoprou junto no corpo e viu que era bom; semelhante a Ele) (Deus céus) (homem terra), desde o momento que recebeu o fôlego de vida diretamente da boca de Deus (Gn. 1:26-27).
Quando Deus assoprou de sua boca em nós ficou provado que temos algo a mais que o animal, que é o espírito de vida, dado pelo próprio Deus. Ao assoprar o fôlego de vida (espírito) (porque Deus é Espirito) no homem que criou, Deus imortalizou através do espírito  a nossa alma vivente. Gn. 2:7), pois foi criado à Sua imagem e à Sua semelhança, e Deus é espírito e imortal. (as coisas espirituais se conhecem espiritualmente) A alma e o espírito do homem são tão entrelaçadas entre si que somente a Palavra de Deus (através do Espírito Santo) pode penetrar entre eles (Hb. 4:12).

Outra diferença também é que Deus formou o homem provido de sabedoria para nomear e dominar sobre todos os animais, peixes e aves (Gn. 1:28); os animais são dominados e obedecem às ordens humanas, justamente por não terem raciocínio  e nem consciência de nada sobre a vida.

É bom lembrarmos também, que o texto bíblico de Ecl. 3:18-22 precisa ser lido de forma minuciosa para que não venhamos a entender que as almas, tanto do ser humano quanto dos animais são iguais quando morrem, porque não são. O homem possui espirito, alma, e corpo, criado e feito com as mãos e o sopro de Deus, e os animais corpo e alma pela palavra de Deus, e criado pelas águas e pela terra, segundo as suas espécies, (veja em Gênesis cap. 1 vers. 24).  Em Eclesiastes, Salomão está apenas dizendo as semelhanças existentes, pois assim como morre o homem, morre também o animal, mas apenas no sentido físico do corpo, que apodrece e volta à terra. O vers. 20 é bastante claro quando diz que todos (o corpo, do homem ou animal) são pó e ao pó tornarão. No vers. 18 ele diz que para provar os filhos dos homens, Deus os faz ver que são em em si mesmos, como os animais em corpo, isto é voltarão ao pó da mesma forma. No vers. 21,  Salomão faz uma interrogação aleatória, mas em Ecl. 12:7, ele faz uma afirmação diferente sobre a morte do homem, que “o pó volte à terra, como o era, e o espírito(com a alma) volte a Deus, que o deu”.
O texto do cap. 3 de Eclesiastes é o mesmo sentido que o Apóstolo Paulo escreveu em Iº Cor. 15:19.

A alma do animal morre, mas a do homem que tem espirito, não (Mt. 10:28), pois terá que prestar contas de suas obras diante de Deus (Ecles. 11:9 e 12:14, e Ap. 20:12b). Essa é outra diferença igualmente importante porque como os animais são irracionais, suas almas não passarão por julgamento como os sêres humanos, pois elas morrem juntamente com seus corpos físicos para sempre, e nós seremos ressuscitados (espírito alma,e corpo, para viver eternamente com Deus. Apenas os humanos prestarão contas de suas atitudes que funcionam assim: o Espírito Santo fala ao nosso espírito, que transmite para a nossa alma(corpo) que decide através do livre arbítrio se vai seguir pela vontade da carne que gera (pecados e morte),  ou pelo espírito que gera a vida e Salvação eterna. Já os animais quando morrem não têm contas a prestar diante de Deus (Ap. 20), justamente porque não tiveram consciência de seus atos, que eram expressados apenas por instinto irracional, (corpo e alma, sem espírito)

Deus não se agrada, quando seres humanos maltratam os demais seres vivos criados, pois os criou em nosso beneficio, porém, não é justo exagerarmos nos cuidados dedicados a eles em desmerecimento de sêres humanos. Lembremos que todos nós humanos iremos comparecer diante de Deus para prestar contas de nossas obras (Isaias. 45:22-24 e Ap. 20:12).

Mais referências

                                        espirito alma corpo
Na Bíblia, e especialmente no Novo Testamento, nos deparamos com 3 termos que ainda hoje geram discussões intensas: o espirito a alma, e o  corpo, Sim, nós cristãos sabemos que eles existem porque a Bíblia assim o testifica. Mas... qual é a verdadeira relação de espírito alma e corpo,?

 Corpo

Quando falamos de corpo, biblicamente estamos falando da parte visível para habitar no mundo físico; é a parte física do ser humano.
Em gênesis 2:7 e também em vários outros trechos da Bíblia, fica claro que a composição física do homem é o pó da terra, ou barro como é visto em algumas interpretações. Deus fez o homem a partir desse elemento, e no 6º dia da Criação pegou barro do Rio Eufrates do jardim do Éden e com esse barro úmido modelou um boneco, e em seguida soprou em suas narinas, e assim o boneco, ou melhor, Adão, despertou. A Bíblia em Eclesiastes 3,20, é bem clara ao dizer que não só o homem, mas todo ser vivo foi feito do pó da terra. Curiosamente, a composição orgânica dos seres vivos segue a seguinte receita:
- 72% de água;
- 14% de Carbono;
- 9% de Hidrogênio;
- 5% de Nitrogênio;
- e 3,5% distribuídos em pelo menos 15 elementos como cálcio, potássio, enxofre, sódio, iodo, cloro, zinco, etc...
E essa é a mesma composição orgânica da terra! Ou seja, a ciência confirma que a terra que produz alimentos é a mesma dos seres vivos e, é claro, do corpo humano!

A Origem da Vida, desenvolveu a hipótese de que os minerais argilosos (literalmente o pó da terra de Gênesis 2,7) teriam constituído não somente o suporte, mas também o próprio sistema genético da vida primitiva, posteriormente suplantado por compostos orgânicos (ácidos nucléicos). Em sua defesa levantou a capacidade de replicação de superfícies cristalinas, preservando defeitos e irregularidades, e também a complexidade química dos polímeros envolvidos nos processos reprodutivos atuais. É a biologia apenas comprovando aquilo que, há tempos, a Bíblia já dizia sobre o corpo físico.

O corpo funciona para a comunicação social ou religiosa (aliás o contato físico é feito através da alma terrena, e também necessita de cuidados para funcionar corretamente e garantir a vida, por meio da alimentação, higiene, etc... Pela ótica médica científica o corpo possui milhões de Kwh de energia contida em seus átomos. Enquanto vivo o ser humano deve "aproveitar bem essa energia".
Mas o corpo físico pode também ser considerado um "veículo", que pode servir tanto para santidade quanto para o pecado. Em gênesis 3: 1, Satanás utilizou não de um corpo humano, mas de um corpo animal, mais especificamente de uma serpente, para poder se comunicar com Eva para tentá-la. Deus precisou do corpo humano de Jesus (Filipenses 2:6 - 11) para se manifestar como Salvador. Jesus teve de nascer de um corpo físico (virgem, é claro) para assim se manifestar. A Bíblia, aliás, é bem enfática ao dizer que Jesus em tudo se fez homem, mas também era 100% espírito. Mas para Deus, o corpo é a sua morada, ou santuário, ou tabernáculo de carne, De acordo com 2ª Coríntios 5:10 e Apocalipse 14:13; o julgamento da igreja será pela fé e obras. Em consequência isso significa que, pra quem investe na carne em prazeres mundanos, a situação será pior ainda (Apocalipse 20: 1 - 15).

                                             A ALMA
Esse certamente é o ponto mais polêmico no tema  “espírito, alma e corpo, ", principalmente pela gigante confusão que se faz com a definição de alma. Então, pela Bíblia, o que é a alma?
No Novo Testamento, que foi escrito no grego, é chamada de "psiqué", que traduz-se como uma parte interna invisível. Já no Antigo Testamento, escrito em hebraico, vemos o termo Nephesh, que possui vários significados, dependendo do conceito que é aplicado. Em suma, a alma é considerada a Sede das Emoções, trabalhando no campo da mente humana ao trazer sensações emotivas ,prazer, alegria tristeza e etc...
Entretanto, Nephesh na Bíblia tem vários significados, logo, existe na Bíblia 4 categorias de alma:
                                  
1º - a Alma Biológica

Todo ser vivo possui uma alma biológica; e nós não fugimos á regra. Essa alma diz respeito ás emoções em todo sentido científico. Segundo Levítico17:13 e 14 a alma do animal está no sangue. A alma biológica também se encontra no homem e é relativa ao corpo.
                                   2º - a Alma Eterna

Dádiva de Deus para o homem, ao soprá-la nas narinas de Adão. De acordo com alguns judeus estudiosos do Gênesis, o termo Nephesh, que se encontra em Gênesis 2:7 como Neshamá, indica especificamente uma alma diferenciada inserida em um ser pré-existente (o homem), quando Deus soprou o corpo espiritual, ou espírito, no homem.
Em Mateus 10:28 vemos a menção de que alma e corpo podem ser jogados juntos no Lago de Fogo (Lucas 16:19; Marcos 9: 48 e 49)
                                  3º - Alma como cidadão
Conforme vemos no capítulo 13 da Carta aos Romanos.

                                 4º - Alma como sentimento

É o termo "a minha alma se alegra", por exemplo. Pode ser sentimento de alegria ou mesmo de tristeza.

A categoria de alma mais destacada nas escrituras é, sem dúvida, a "alma eterna". É essa alma que recebemos como dádiva de Deus em Gênesis 2:7.
No entanto, a Bíblia declara que a alma que pecar morrerá, e morte eterna não tem cura; portanto isso é uma espécie de alerta para nós mesmos. A alma é o tribunal da consciência do homem, e ninguém escapa da acusação ou inocência dela. na Carta aos Romanos capítulo 2, versículo 11 ao 16 encontramos uma leitura forte e decisiva para a vida de todos que querem ver o Pai, pois fala justamente disso.
Mas lembre-se: esta alma é uma copia do corpo físico. Na morte há a separação um do outro, sendo que o corpo sem alma está morto (Tiago 2:26). A alma que Deus insulflou no homem, portanto, é vital.

                                            O ESPÍRITO


O Corpo espiritual, ou espírito, é parte que possui ligação com as coisas espirituais ou seja, o mundo espiritual ,que leva o cristão à presença de Deus. Nenhum ser vivo, além do homem, possui o espírito. O termo Rhuah, em Gênesis 2:7, indica sopro ou vento, que é o corpo espiritual, sendo assim, o espírito foi insulflado nas narinas do primeiro ser humano (Adão), e pelo espírito o homem ganhou a alma eterna, tornando-se em definitivo á imagem e semelhança de Deus, afinal é pelo espírito que temos ligação com Deus. No Novo testamento, o termo para Espírito é "Pneuma", que possui o mesmo sentido de Rhuah.

E quando essa ligação com Deus acontece? Acontece quando oramos, louvamos, glorificamos a Deus, sentimos a presença do Senhor, etc... enfim, quando mantemos contato com o pai. Essa ligação só é quebrada quando nos entregamos aos frutos carnais, o qual nos afasta do alvo, que é Deus (Leia Gálatas 5:19 e Romanos 8)
O espírito representa a natureza maior do homem e rege de modo elevado o caráter do homem, o espírito procura reger o homem segundo o conceito de Deus, tentando transformá-lo cada dia na verdadeira imagem e semelhança do Pai, a fim de cumprir sua missão.

 

                                        RESUMINDO
O Homem é formado por espírito alma e corpo, (Tricotomia).
O corpo: é a parte material e perecível do ser humano, que cessa de existir com o fenômeno da morte. O corpo pertence a terra e tem contato com ela. Ele nos torna conscientes deste mundo através do nosso espírito.
A alma: é o principio da vida. E com ela se relacionam nosso intelecto, nossa personalidade e nossa vontade. A alma proporciona ao corpo vida e inteligência, usando os sentidos físicos e espirituais, para receber impressões e usando os órgãos do corpo para expressar-se. Ela nos torna conscientes de nós mesmos. Todo ser vivo possui alma, mas o ser humano ganhou uma "nova alma", uma alma eterna, diferente de todas as outras quando Deus soprou o espírito nas narinas do primeiro homem (Gn 2:7)
O espírito: é o principio ativo de nossa vida espiritual, religiosa e imortal, embora receba impressões do corpo e da alma, também é capaz de receber conhecimentos diretamente de Deus e de manter com Deus uma comunhão espiritual que ultrapassa os raciocínios

da alma. Ele nos torna conscientes de Deus.
 

"Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do

que espada  de dois gumes, e penetra até a divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os

 pensamentos e intenções do coração.

 

 

"Quanto mais devemos toda obediência ao Pai dos espíritos, (de anjos e homens) para então vivermos!"
                                    Hebreus cap. 12 vers. 9
 

                     Finalizamos o estudo com esta passagem:
 

"E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo o vosso

 espírito, e alma, e corpo sejam plenamente conservados  irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo.
                            1º Tessalonicenses cap. 5 ves.23